quarta-feira, 12 de março de 2014

Segurança na Internet


Aumenta o teu Quociente de segurança na Internet!

… Quando tu navegas na internet são poucos os salva-vidas e podem estar longe. É por isso que queremos que te tornes o teu próprio "salva-vidas" e fiques atento à tua própria segurança e privacidade quando estiveres a surfar "online".
Estas dicas rápidas são os primeiros passos muito importantes.
1: As Três Principais Regras
2: Mas o que é isso de "Informação pessoal"? 
3: O que é que os Pais devem Saber 
4: Dicas para o "Username"/Utilizador
5: Dicas para a "Password" (Código de acesso/Palavra-chave)
6: O que significa "Amigo" Online?
7: Evitar Provocadores ("Bullies")
8: Evitar Lixo ("Spam")
9: Evitar Vírus

As Três Principais Dicas de Segurança


Nunca baixes a guarda quando estás a navegar na internet. Quebrar uma destas três regras significa que ficas completamente sem defesas.

Número Um
Não partilhes informação pessoal como qualquer um que esteja também na internet. Informação pessoal é tudo que qualquer pessoa pode usar para te identificar na vida real. A não ser que saibas exatamente quando o podes fazer, procura nunca dar essa informação. (Mais informação à frente).

Número Dois
Não acredites em tudo o que vês na internet. Fica sempre de pé atrás quando uma pessoa na net - ou mesmo o sítio de uma empresa - te dizem alguma coisa. Tu nunca sabes na verdade com quem estás a falar "online", por isso tem atenção que qualquer comentário do tipo (Ei, os Morangos Com Açúcar são meus amigos! Queres conhecê-los?"), é mais provável que seja mentira do que verdade.

Número Três
Nunca concordes em encontrar-te com alguém na vida real que conheces-te na internet. São muitas as possibilidades de isso correr mal pelo que é melhor riscares isso da tua lista "O k vou fazer hoje".

Então o que é "Informação Pessoal"?


Dar este tipo de informação sobre ti ajuda as pessoas más como os provocadores e os predadores a encontrares-te na internet e a encontrar-te no mundo real:
- O teu nome completo
- O teu endereço
- A cidade onde moras
- O teu número de telefone 
- A escola que frequentas
- O nome do clube onde jogas e o número que usas
- O teu e-mail de casa
- Um endereço ICQ 

Existem algumas exceções. Por exemplo, tu podes dar o teu primeiro nome num chat se for uma coisa vulgar. Mas se o teu nome for um pouco raro, como Isaltino ou Isaurino, pensa duas vezes. Ou se morares no Porto, o nome da tua cidade não permite encontrar-te facilmente. Mas se disseres a toda a gente que moras em Vila Nova de Cacela, Vila Real de Santo António, encontrar-te tornou-se mais fácil.

Outra exceção é quando os teus pais compram alguma coisa pela internet. De certa forma, os números do cartão de crédito são informação de identificação pessoal para o teu mealheiro. Neste caso, os teus pais devem ter a certeza que o site promete:
- utilizar tecnologia de encriptação para receber a informação em segurança,

- armazenar a informação do cartão de crédito e outra informação pessoal numa máquina que não esteja ligada à internet e,

- que nenhuma 3ª pessoa irá ver a informação. (Ou seja, que o sítio não irá vender a tua informação a outros que te querem vender também alguma coisa.

Outra alternativa é a utilização de um cartão de crédito temporário, através do serviço Mbnet.pt

O que é que os pais devem saber


Encontrar um ambiente de segurança online é apenas o Primeiro Passo para proteger os seus filhos na internet. Assim como você não deixaria o seu filho numa parte desconhecida da cidade para que ele efetuasse o regresso a casa, também não deve deixá-lo na internet sem orientação, supervisão e treino.

Eu recomendo que leia esta secção de segurança juntamente com os seus filhos, a qual pretende contribuir para o ajudar a envolver-se mais com a segurança online dos seus miúdos:

Mantenha o computador da família num local público da casa. O constante tráfego de passos atrás dos jovens utilizadores garante que eles não andem a navegar por sítios menos próprios para a sua idade.

Leia as declarações de privacidade, termos do serviço e páginas de registro dos sites que o seu filho pretende frequentar. O registro nestas páginas deve requerer o mínimo de informação, se alguma e o sítio deve prometer que nenhuma terceira parte irá ver essa informação ou irá tentar fazer negócio com a sua criança.

Converse com os seus filhos sobre o tempo que eles passam na net e os amigos que lá têm. Você de certeza sabe os nomes dos amigos mais próximos do seu filho mas sabe também os nomes dos amigos dele online?

Considere utilizar um dos muitos programas de software de filtragem que bloqueiam sítios inapropriados no seu computador. Sozinhas, estas ferramentas de monitorização não conseguem proteger o seu filho completamente mas são um instrumento que o pode ajudar nos seus esforços para guardar os seus filhos. Basta digitar "bloquear páginas" ou "filtragem" num motor de busca para encontrar algumas opções.

Se você não partilha um endereço de correio eletrónico com o seu filho, procure monitorizar a sua conta de correio regularmente, para que saiba com quem ele se está a comunicar.


Dicas para o "Username"/Utilizador


Mesmo uma coisa tão simples como escolher um nome de utilizador ou de ecrã é um exercício de segurança, porque é mais um sítio onde as pessoas podem obter informação sobre ti. Aqui estão mais algumas excelentes ideias que deves ter em conta:

Quando escolheres um nome, utiliza o mínimo possível de informação sobre ti próprio. Não utilizes o teu último nome ou as tuas iniciais. Por exemplo, se o teu nome é Quim Alerta, não utilizes "quimalerta", "QEALERTA" ou "quima". Pela tua segurança, inventa qualquer coisa nova!

Não utilizes o teu nome de utilizador da tua conta Sapo, Mail, Hotmail ou Yahoo,etc. Dessa maneira é muito fácil para os outros adivinharem o teu e-mail e tu não queres correio na tua caixa de correio vindo de estranhos.

Não utilizes o nome da tua cidade, escola ou clube como teu nome de utilizador. 

Tem cuidado como te descreves a ti próprio no nome de utilizador. Nomes como "RapazSuperSexy" ou "GatinhaLoura" pode atrair mais atenções do que as que desejas. Pode ter piada no início, mas quanto mais provocares pessoas online, mais problemas podes vir a ter.

Dicas para a "Password"


Qual a razão para as palavras-chave serem bastante importantes? Se alguém souber ou adivinhar a tua password, essa pessoa pode ligar-se com o teu nome de utilizador e fazer coisas embaraçantes online ou a tua informação pessoal pode ser espalhada pela internet. Por isso segue estas dicas:

Nunca, mas nunca dês a tua password a alguém. Mesmo os melhores amigos deixam escapar segredos por isso não a partilhes com eles.

Não deixes a tua palavra-chave num papel colado no teu computador. Se a tiveres de escrever, coloca-a num sítio seguro e longe do computador. 

Não escolhas uma password fácil de adivinhar, como o nome de um animal de estimação ou um aniversário. 

Utiliza uma combinação de números, letras minúsculas e maiúsculas para tornares a password difícil de adivinhar. Tenta também trocar algumas letras com coisas parecidas, tal como utilizar o 0 (zero) pela letra maiúscula O, o @ por A, o # pelo H e por aí fora. 

A palavra-chave perfeita pode ser digitada tão rapidamente que mesmo que estejam a olhar por cima do teu ombro não conseguem ver quais as teclas que estás a carregar. 

Muda as tuas passwords de 2 em 2 meses. Se pensas que alguém conhece a tua password, muda-a rapidamente.

O que significa "Amigo" Online?


Tu nunca sabes com quem é que estás realmente a falar na internet, pelo que mesmo um amigo que pensas conhecer bem, pode tornar-se muito e muito diferente do que tu pensavas.

Por isso presta atenção a algumas regras importantes:

Só porque alguém diz que é uma modelo de 14 anos isso não significa que seja mesmo. Essa pessoa pode nem ser uma rapariga.

Faz por não levar muito a sério os "namoros" na internet. Se começares (do tipo, pedir alguém para ser o teu/tua "ciber-namorado/a), lembra-te que este tipo de relacionamentos são fáceis de iniciar... e ainda mais fáceis de acabar. O teu ciber-namorado pode deixar-te num ápice por alguém que ele acabou de conhecer num chat. Ou a tua ciber-namorada pode ter um namorado na vida real sobre quem nada sabes. Por isso é melhor não deixares o teu coração ficar muito ligado a uma paixão online.
Numa sala de chat sem monitorização, fica em alerta com pessoas que fazem perguntas impróprias. Estas perguntas podem não parecer impróprias no princípio, mas podem levar a lugares assustadores. Alguma destas perguntas, ou perguntas deste tipo, devem fazer soar os teus sinos de alarme: 

"És a única pessoa que utiliza o teu computador?"
"Onde fica o computador na tua casa?"
" Partilhas uma caixa de correio com os teus pais?"
"Os teus pais verificam o teu e-mail?"
"Que tipo de roupa é que trazes vestido?"
"Por que não me podes contar? Não confias em mim?


Evitar os Provocadores ("Bullies")


O Bullying (Provocações) é um problema tão real na internet como o é na vida real. Na verdade, a internet faz sobressair o pior em algumas pessoas porque sabem que ninguém sabe como elas são, como se chamam e (por vezes) são incontactáveis. As salas de chat (conversação) e o e-mail são todos usados e abusados todos os dias pelos provocadores da internet. Como é que te podes proteger a ti próprio?

A maior parte dos programas de correio eletrónico, de mensagens instantâneas (ex: o Messenger) e as salas de chat têm funções de "ignorar". Se utilizares essa função em utilizadores incomodativos, deixarás de ver qualquer coisa que escrevam. Nos programas de e-mail, procura pela expressão "bloqueie este utilizador" e seleciona-a. Em salas de conversação e programas de mensagens instantâneas, procura as palavras "ignora" ou "bloqueia" e já não vais ter de te preocupar mais com um qualquer palhaço zangado.

Numa sala de chat, ignorar às vezes não é suficiente, porque o utilizador incomodativo pode ainda continuar a abusar com outros utilizadores e pode tornar o ambiente da sala de chat irrespirável. É por isso que é importante utilizar salas de chat monitorizadas (vigiadas). Se alguém te estiver a provocar numa sala de conversação monitorizada, o adulto monitor deve resolver o problema. Se o monitor parecer que não está a fazer nada, chama-lhe a atenção e certifica-te que o assunto fica resolvido. Ninguém quer estar no chat com uma sala cheia de "chateadores" provocadores.


Evita o Spam (Lixo)


E-mail não desejados podem ser no início bastante irritantes mas não demora muito a serem um gorila de 100 quilos a encher a tua caixa de correio. Utiliza estas dicas para ajudares a emagrecer esse gorila:

Pede aos teus pais para criarem um endereço de correio eletrónico para "descartável/deitar fora" para que o possas usar quando tiveres de te registar em sítios ou para fazer compras online. Deixa o spam ir todo para esse endereço, para que o teu principal endereço possa ser reservado para os amigos e a família.

Não respondas à pessoa que envia o spam. Muito frequentemente, as mensagens de spam fazem convites tipo "Para deixar de receber estas mensagens, responda para:" seguidos de um endereço de e-mail. Frequentemente, isto só confirma que o teu endereço de e-mail está ativo, dando a essas pessoas precisamente o que elas queriam.

Utiliza programas de e-mail para filtrar endereços que não reconheças. Lê a secção de ajuda do programa para descobrires como enviar correio não desejado diretamente para o lixo.


Evitar Vírus


Os vírus de computadores são um dos principais riscos quando vais à internet. Hoje em dia, mesmo só ver a página web ou mensagem de correio erradas pode ser o suficiente para o teu computador apanhar vírus. Aqui estão os dois truques mais conhecidos para apanhar esses bichos no seu próprio jogo.:

Certifica-te que tens programas de proteção de vírus atualizados. Faz uma pesquisa usando as palavras "proteção de vírus" para teres uma lista de empresas que oferecem estes programas, bem como explicações. Antes de escolheres o teu programa de proteção (ou os teus pais), procura saber se a empresa fornece atualizações regulares, para que o teu computador possa estar preparado para lidar com as ameaças mais recentes. Tu podes ter de descarregar essas atualizações a partir do sítio da empresa e instalá-las tu próprio.

Quando receberes um e-mail ou uma mensagem instantânea com anexos, de uma pessoa que não conheces, não cliques nesses documentos. E mesmo que seja de alguém que conheças, faz sempre um exame com o teu programa de proteção de vírus, antes de os abrir.


Ficam também outras sugestões de leitura para, em casa, partilhares com os teus pais.
http://comunicaremseguranca.sapo.pt/







Sem comentários:

Publicar um comentário